O Escritório de Gerenciamento de Processos tem como competência estabelecer  o método de Governança de Processos no executivo estadual, definindo regras e diretrizes para conduzir o Mapeamento e a Transformação de Processos.

A Governança de Processos consiste em estruturar a sequência de trabalhos, buscando promover melhores resultados por meio do aperfeiçoamento das rotinas e das ações dos servidores públicos, contribuindo na padronização e otimização dos processos.

 

Mapeamento de Processos

O Escritório de Gerenciamento de Processos e a Coordenadoria dos Manuais Técnicos de Processos e Procedimentos desenvolvem em conjunto a implantação dos Manuais no Poder Executivo, conforme Decreto n° 1.375/2018, que instituiu o Manual Técnico de Processos e Procedimentos;

A elaboração destes manuais está dividida em duas fases: Parte documental e Parte de mapeamento de processos.

  A) Parte documental: consiste no levantamento do diagnóstico organizacional, identidade organizacional e a cadeia de valor;

  B) Parte de mapeamento de processos: consiste no mapeamento dos processos, definição de indicadores e publicação do Manual Técnico de Processos e Procedimentos;

Transformação de Processos

O Escritório de Gerenciamento de Processos definiu o método Process Valure Design (PVD) para ser aplicado nos Projetos de Transformação de Processos, que integra os métodos Business Process Management (BPM) e Design Thinking.

Este método é utilizado nos projetos de melhoria e transformação de processos, com foco no cliente, baseado na inovação e centrado no ser humano, atendendo aos anseios da sociedade e contribuindo na melhoria contínua do serviço público do poder executivo. 

Para melhor disseminar a Governança de Processos foram elaborados o Manual de Gestão por Processo e o Guia de BPMN utilizando Bizagi Modeler

Manual de Gestão por Processos

Guia de BPMN utilizando Bizagi Modeler